as-expetativas-dos-alunos-do-icmc-selecionados-em-programa-da-cargill Notícias
Dois estudantes de Ciências de Computação estão entre os 10 brasileiros que participarão de capacitação; eles revelam que querem se tornar futuros líderes para ampliar os impactos positivos de suas iniciativas.
Data da publicação: 24/08/2020

Esta é a oitava edição do Programa (crédito da imagem: Cargill/2018).

 

“Terei a chance de conhecer pessoas extraordinárias que fazem acontecer e deixam o seu impacto no mundo; de aprender muito com elas e, consequentemente, crescer como profissional e ser humano”. É assim que Vitor Santana Cordeiro resume as expectativas que tem como participante do Programa Cargill Global Scholars, iniciativa internacional que capacita jovens com potencial de liderança no futuro.

Vitor é um dos alunos do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, selecionados na 8ª edição do Programa. Outro aluno do ICMC que está entre os 10 estudantes brasileiros que participarão da iniciativa é Luca Machado Bottino: “Para mim, ser aprovado no Programa é um reconhecimento incrível de tudo que realizei até agora. Também significa o início de uma nova etapa na minha trajetória. Espero que, com os treinamentos, eu aprimore minhas habilidades de liderança e inovação”.

Luca e Vitor cursam Ciências de Computação no ICMC e, com a conquista, vão receber uma bolsa de $5 mil dólares e terão direito a participar de um seminário nacional e de um seminário internacional de liderança, em que alunos dos seis países participantes do Programa vão interagir com funcionários da Cargill por meio de atividades de desenvolvimento profissional e de liderança. Durante os dois anos do Programa, os alunos receberão mentorias de funcionários nacionais e globais, que vão fornecer orientação profissional e pessoal, bem como terão a oportunidade de aprender mais sobre o mundo corporativo de uma das maiores multinacionais da área de alimentação, agricultura e gerenciamento de riscos.

“Para mim, essa conquista significa um próximo passo no meu sonho de impactar positivamente as pessoas desse mundo. É também um reconhecimento de todo o esforço que fiz para chegar até aqui, mostrando que a perseverança, o pensamento positivo e o desejo de mudança podem mover montanhas”, acrescenta Vitor. “Sou extremamente grato a todas as pessoas – e instituições, como o ICMC – que formaram quem eu sou hoje. Tenho certeza de que essa experiência irá mudar a minha vida”, acrescenta o estudante.

 

Vitor recomenda aos estudantes que se candidatem ao Programa no ano que vem e se coloca à disposição para dar feedbacks e ajudar durante o processo (crédito da imagem: arquivo pessoal).

 

Oportunidade para todos – Vitor destaca que a Cargill arcará com todos os custos das atividades que os estudantes vão desenvolver durante o Programa: “Então, mesmo estudantes em situação financeira mais vulnerável conseguem ter a melhor experiência”. Com a bolsa obtida, Vitor pretende realizar o sonho de fazer intercâmbio. Já Luca planeja investir o recurso para custear diversos cursos e certificações que deseja realizar na área de ciências de computação.

Os dois ressaltam, ainda, a importância de terem a chance de estabelecer contatos com pessoas de diversos países, com culturas e realidades diferentes. “Fiquei sabendo do edital do Programa Cargill Global Scholars pelo e-mail institucional do ICMC e me interessei muito. Sempre me envolvi com projetos de inovação e achei que a rede de contatos, a mentoria e os treinamentos oferecidos pelo Programa seriam uma boa experiência pessoal e profissional”, conta Luca.

Foi também pelo e-mail do ICMC que Vitor ficou sabendo da oportunidade: “Sempre tive um grande interesse por esse tópico de liderança e, como também tinha um bom desempenho acadêmico, achei que o Programa se encaixava perfeitamente para mim”.

Os estudantes explicam que o processo seletivo da Cargill é composto por duas fases. “Na primeira etapa foram analisados o currículo, o histórico escolar, o perfil socioeconômico, a experiência profissional, além de aspectos relacionados à liderança. Também tivemos de enviar duas cartas de recomendação e redigir dois textos de motivação”, explica Luca.

“Nessa fase, tínhamos um campo para preencher com atividades extracurriculares que já fizemos e que demonstraram liderança de nossa parte, bem como descrever experiências profissionais (caso tivéssemos) e listar prêmios, honrarias e bolsas que achássemos relevantes para o escopo do programa. Já nos textos de motivação, é preciso mostrar ao comitê de seleção quem você é, porque você é um líder, como suas ações já impactaram a realidade e qual problema você pretende atacar no futuro”, detalha Vitor. Ele conta que foi um processo bastante difícil e que teve muito apoio nessa fase, principalmente da família, de amigos próximos e de ex-participantes do Programa, os quais conheceu pelas redes sociais e que se dispuseram a ajudá-lo fornecendo feedbacks e ideias.

Quanto à segunda fase do processo seletivo, foram realizadas entrevistas em inglês, de 15 minutos, com três entrevistadores e também com o responsável pelo Institute of International Education (IIE) na América Latina e Caribe, instituição que é parceria da Cargill no Programa. Inovação, currículo, liderança e impacto social estavam entre os tópicos abordados na entrevista. Todo o processo seletivo foi realizado de forma online.

Oferecido anualmente, o Programa Cargill Global Scholars recebe inscrições de quem está matriculado entre o primeiro e terceiro ano da graduação nas instituições parceiras da iniciativa. A USP é uma delas.

Vitor finaliza com uma recomendação para todos que se identificarem com a proposta do Programa: “Inscrevam-se! O processo é difícil, mas não se autossabotem. Muitos já chegaram a pensar que não teriam chance no programa (incluindo eu). O máximo que irá acontecer é você gastar algumas horas da sua semana para trabalhar no processo de inscrição, mas, sinceramente, é muito bacana recuperar informações sobre tudo de legal e impactante que você já fez. Então, mesmo que esteja na incerteza, tente. Desejo muito sucesso a quem for se candidatar no ano que vem: estou à disposição para dar feedbacks e ajudar durante o processo”.

 

“Para mim, ser aprovado no Programa é um reconhecimento incrível de tudo que realizei até agora. Também significa o início de uma nova etapa na minha trajetória”, diz Luca (crédito da imagem: arquivo pessoal).

 

Texto: Denise Casatti – Assessoria de Comunicação do ICMC-USP

Mais informações
Conheça o Programa Cargill Global Scholars
Confira a lista completa dos 10 estudantes brasileiros selecionados pelo Programa este ano

CONECTE-SE COM A GENTE
 

© 2020 Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação