Palestras e Seminários

05/05/2021

18:00

virtual/à distância

Palestrante: André Luiz de Oliveira

Os interessados devem solicitar o link via email (para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.), até uma hora antes do seminário.

Responsável: Rosana Teresinha Vaccare Braga (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

Seminários do SSC

Resumo: Sistemas embarcados são sistemas computacionais nos quais o software controla dispositivos de hardware, recebendo sinais captados por sensores e gerando respostas a esses sinais por meio de atuadores. Em situações nas quais a resposta está condicionada a restrições de tempo, esses sistemas são chamados de sistemas embarcados de tempo real. Um sistema embarcado é denominado crítico quando a ocorrência de uma falha pode ter consequências catastróficas ao ambiente operacional do sistema, causando danos financeiros e a propriedade, lesões e até a perda de vidas humanas. Por esse motivo, sistemas embarcados críticos devem ser confiáveis (dependable) e atender a requisitos de disponibilidade, confiabilidade, segurança, proteção contra ameaças externas e manutenibilidade. Sistemas eletrônicos automotivos e de controle de aeronaves são exemplos de sistemas embarcados críticos, cuja uma falha pode ter consequências catastróficas. Dessa forma, para garantir a confiança desses sistemas, é necessária a análise e a demonstração dessas propriedades para atingir a certificação e a liberação para operação. Certificação é o processo de garantir que um produto (um sistema) ou processo possui um conjunto de propriedades declaradas. Standards de vários domínios de aplicação crítica demandam a realização de um conjunto de atividades e a produção de um conjunto de artefatos durante o ciclo de desenvolvimento do sistema para obter a certificação. Há na literatura um conjunto de técnicas que podem ser utilizadas na análise das propriedades de confiança de sistemas críticos. Da perspectiva dos resultados da análise, essas técnicas podem ser classificadas como qualitativas ou quantitativas, e como tradicionais (Fault Tree Analysis - FTA e Failure Modes and Effects Analysis - FMEA) ou composicionais (baseadas em componentes) quanto à forma de análise. Neste seminário serão apresentados os conceitos básicos sobre sistemas embarcados e propriedades de confiança, uma visão geral das técnicas de análise de confiança e um resumo do estado da arte de pesquisas que vêm sendo desenvolvidas nesta área.

Short bio: Professor Adjunto do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Juiz de Fora e pesquisador do Núcleo de Pesquisa Engenharia do Conhecimento. Professor visitante do Departamento de Informática da Universidad Rey Juan Carlos de Madri, Espanha (11/2019 à 12/2019). Realizou estágio de pós-doutorado no programa de pós-graduação em Ciência da Computação e Matemática Computacional do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo (ICMC-USP São Carlos) no período de 2016-2018. Doutor em Ciência da Computação pelo programa de pós-graduação em Ciência da Computação e Matemática Computacional do ICMC-USP (2016), com período sanduíche no Departamento de Ciência da Computação da Universidade de York, no Reino Unido, em cooperação com o prof. Timothy Patrick Kelly (2013-2014). Mestre em Ciência da Computação pela Universidade Federal de São Carlos (2010) e Bacharel em Informática (2007) pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Possui experiência nas áreas de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, com ênfase em Engenharia de Software e Sistemas Embarcados Críticos, atuando nos seguintes tópicos: Reuso de Software (Engenharia Dirigida a Modelos, Linha de Produtos de Software, Gerenciamento de Variabilidades de Software, Processo de Software, Frameworks Orientados a Objetos e Orientados a Aspectos, Refactoring, Padrões e Linguagens de Padrões, Métricas de Software), Certificação de Sistemas Críticos (Certificação de Systems of Systems e Sistemas abertos e Adaptativos, Técnicas de Model-Based Safety Analysis, Safety/Assurance Cases, Engenharia de Confiança em Sistemas Inteligentes) e Experimentação em Engenharia de Software (Condução de estudos de caso e experimentais para avaliar notações, métodos, técnicas e ferramentas de apoio ao reuso de artefatos de design e de engenharia de confiança).

CONECTE-SE COM A GENTE
 

© 2021 Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação