default Notícias
Data da publicação: 21/12/2020

No Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, são inúmeros os relatos que exemplificam como a comunidade se reinventou. Esta reportagem apresenta algumas perspectivas deste ano sem fim, repleto de infinitos aprendizados. Confira a Parte 3 deste especial:

Em 2020, os funcionários da USP aprenderam que há muitos nomes para designar essa nova modalidade de trabalho popularizada durante a pandemia.Mas, independentemente do termo que você utilize, o principal aprendizado desse período em que a Universidade continuou funcionando – apesar de ninguém percorrer os corredores de suas unidades de ensino e pesquisa – é que a nova modalidade de trabalho funciona. E muito bem!
Exemplos e dados coletados no ICMC evidenciam significativos avanços na quantidade e na qualidade de serviços, atendimentos e produtos gerados nesses tempos de ficar em casa, trabalhando…

A ÚLTIMA REUNIÃO DO ANO

É sexta-feira, 18 de dezembro de 2020. Quando o relógio marca 10h30, cerca de 70 funcionários técnico-administrativos do ICMC aglomeram-se em uma sala de reunião do Google Meet. Todos estão em suas casas, trabalhando em segurança.

Há certo pesar no ar, pela impossibilidade de, como em todos os anos, esse encontro ser presencial, cheio de abraços.

Mas há também muito orgulho nos olhos de quem faz parte desse time e conseguiu superar todos os desafios deste ano. Aprendizado, superação, união, dedicação. Palavras que se destacam em meio aos depoimentos de quem pede para ser ouvido.

A professora Maria Cristina Ferreira de Oliveira, diretora do ICMC, encerra a reunião agradecendo o empenho dos funcionários para manter a segurança e a saúde de todos sem que, para isso, fosse necessário prejudicar as atividades da Universidade. Apesar de 2020, o saldo é positivo.

O BALCÃO DE ATENDIMENTO AINDA FERVILHA

O ano começou com aquela agitação costumeira, cansativa e gostosa. A emoção da colação de grau em janeiro, com os formandos, seus familiares e amigos lotando o auditório Fernão Stella de Rodrigues Germano. Lágrimas de alegria e saudades. Um ciclo se fechando.

Dias depois, outro ciclo se inicia. Era vez de dar boas-vindas aos calouros e veteranos, os corredores do ICMC voltando a tomar vida, aquela alegria da garotada invadindo novamente os prédios.

Muitos sonhos circulando por ali e o balcão da Seção de Graduação fervilhando! As perguntas de sempre junto com as perguntas criativas que nos desafiam a cada dia.

Os sorrisos, o nervosismo, a ansiedade e todo tipo de manifestação e sentimento em forma de aluno estava ali, naquele balcão. Misturados com os sentimentos da equipe que se esforçava a cada dia para atender todas as demandas e melhorar a cada dia.

Então chegou março e, com ele, a pandemia. Em poucos dias, presenciamos os corredores ficarem vazios com a suspensão das aulas presenciais e a tensão crescer à medida que aumentava o número de casos da doença e de perdas humanas (cada vez mais perto).

A despedida da equipe, antes de mergulhar no home office, foi triste, rápida, sem abraços, com um “se cuida e até breve”, sem saber quando seria esse “breve”. Em meio à adaptação à nova realidade de trabalho, aos desafios em relação a equipamentos e infraestrutura, às incertezas em relação à saúde (física e mental), o maior objetivo era estar, o máximo possível, à disposição dos alunos de graduação.

O balcão de atendimento da Seção de Graduação precisava continuar fervilhando. Foi preciso reinventá-lo, adaptá-lo ao mundo virtual. Todos os documentos e procedimentos passaram a ser enviados e recebidos eletronicamente, por e-mail ou via formulários. Instagram e Facebook se tornaram novos canais de comunicação.

Para possibilitar que os alunos continuassem a ter aulas, agora remotamente, foram distribuídos kits de acesso à internet e emprestados notebooks.

Pela primeira vez, o Google Meet virou balcão de atendimento de matrícula para esclarecer as dúvidas dos ingressantes.

Pela primeira vez, tornaram-se remotas as reuniões da Comissão de Graduação e das comissões coordenadoras dos cursos de graduação.

Pela primeira vez, o ICMC fez uma colação de grau virtual.

Como sempre, o balcão de atendimento da Seção de Graduação fervilha!

De um jeito novo, os sonhos continuam circulando, junto com as perguntas de sempre (e também com as perguntas criativas), com os sorrisos, o nervosismo, a ansiedade e todo tipo de manifestação e sentimento em forma de aluno.

COMUNICAÇÃO

Se a ciência teve destaque neste ano, a comunicação da ciência também acompanhou essa curva. Na comunicação do ICMC, os contatos de veículos de imprensa procurando conteúdos e especialistas saltaram de 181 atendimentos, em 2019, para 284, e o ano ainda não acabou.

A procura por conteúdos do Instituto também cresceu. Só no Instagram, o número de seguidores mais que dobrou no período de janeiro a dezembro:

Ao todo, a equipe atendeu 312 pedidos de divulgação. Desses, 253 viraram posts em redes sociais. No Instagram, o conteúdo que mais fez sucesso simboliza bem o sentimento de saudade que a quarentena nos trouxe. Na publicação, uma sequência de imagens mostra os belos jardins do ICMC ocupados apenas pelas flores, suas únicas companheiras em muitos dos dias deste ano.

A equipe de evento do ICMC – que faz parte junto com a comunicação da Seção de Apoio Institucional (SCAPINST) – também se transformou. Dos auditórios lotados para as telas de computador, eles adaptaram o conteúdo e conseguiram, com eventos online, receber um maior número de participantes por atividades:

Até mesmo eventos formais tiveram suas releituras feitas para o mundo digital. A tradicional entrega do Prêmio Professor Carlos Teobaldo Gutierrez Vidalon 2020 foi um desses exemplos, que reuniu 92 pessoas no evento ao vivo que destacava o vencedor, Carlos Andrés Chirre Chávez. No ano passado, 60 pessoas compareceram no evento presencial, o que demonstra o quanto a rede amplia as possibilidades para esses encontros.

Apenas no canal tv.icmc.usp.br, que reuniu as transmissões ao vivo realizadas em 2020, foram computadas 2,3 mil horas de exibição de conteúdo.

STI

Com a vida transformada em códigos de computador, a Seção Técnica de Informática foi indispensável para que os diversos setores do ICMC seguissem trabalhando normalmente. De empréstimo de equipamentos a adequação de sistemas, de suporte a eventos à aulas virtuais, o apoio do setor se fez notável em todos os lados. 

Não é à toa que na última reunião do ano feita com a Diretoria, no dia 18, diversos setores destacaram a prestatividade e empenho dessa Seção. Entre as ações de destaque da área está o Sistema de Monitoração Inteligente (SIMI), uma aplicação criada para identificar a aglomeração de pessoas nos espaços do Instituto, utilizando dados da rede sem-fio.

O sistema captura a quantidade de dispositivos associados aos pontos de acesso da rede sem fio do ICMC e compara com o espaçamento social recomendado pela Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, estabelecendo limiares de ocupação, bloco a bloco.

Sendo assim, o SIMI possibilita visualizar a ocupação dos prédios e andares do ICMC, ilustrada na forma de gráficos e imagens georreferenciadas, que também serão apresentadas nos televisores instalados nos corredores. Além disso, alarmes serão enviados à administração, caso algum limiar de ocupação seja ultrapassado.

ATFN

As atividades realizadas em Teletrabalho foi muito desafiador para a Equipe da Área Financeira, devido à quantidade de atendimentos aos alunos, docentes, servidores, realização de pagamentos, cadastros em sistemas, assinaturas em termos de bolsas, gerenciamento dos projetos, compras e recebimentos de mercadorias, patrimônio de bens, controle de almoxarifado, logística de entrega, formalização de convênios, realização de Licitações, além da grande comunicação entre os servidores da Equipe e de todas as Áreas do ICMC. Ao final desse longo processo, quase 40 semanas trabalhando dessa forma, a Equipe está mais segura, preparada e equalizada.

Todas as demandas que chegaram à Equipe foram bem administradas por todos e os trabalhos foram executados, conseguindo muito das vezes superar as expectativas dos usuários, recebendo agradecimentos pela postura profissional na condução dos trabalhos. 

A Equipe toda da ATFN está de parabéns!

Confira as outras partes deste especial:

CONECTE-SE COM A GENTE
 

© 2021 Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação